Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /usr/www/users/brazz/riquissimos/wp-settings.php on line 472

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /usr/www/users/brazz/riquissimos/wp-settings.php on line 487

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /usr/www/users/brazz/riquissimos/wp-settings.php on line 494

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /usr/www/users/brazz/riquissimos/wp-settings.php on line 530

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /usr/www/users/brazz/riquissimos/wp-includes/cache.php on line 103

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /usr/www/users/brazz/riquissimos/wp-includes/query.php on line 21

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /usr/www/users/brazz/riquissimos/wp-includes/theme.php on line 623
Vida de Rico » Blog Archive » Matarazzo

Matarazzo



January 5th, 2009

Os Matarazzo foram a família brasileira mais rica do século 20, quando seu nome tornou-se sinônimo de Riqueza; hoje, entretanto, não há nenhum Matarazzo na lista dos bilionários brasileiros.

Veja também: por que os relógios Rolex têm tanto prestígio? quais os bilionários mais excêntricos do mundo? onde comprar bolsas da Louis Vuitton?

Francesco Antonio Maria Matarazzo nasceu em Salerno, sul da Itália, em 1854; chegou ao Brasil em 1881, onde aportuguesou o nome para Francisco; no mesmo ano, abriu em Sorocaba seu primeiro negócio, uma empresa de produção e venda de banha de porco.

Em 1890 muda-se para a capital, onde funda a Companhia Matarazzo S.A., que importava trigo dos Estados Unidos. Em 1900, substitui a importação por um moinho, que seria base para o início de um império industrial, abragendo produtos de consumo como trigo, tecelagem, alimentos, etc. e serviços, como o Banco Francês e Italiano.

Em 1917, em reconhecimento pelos recursos que enviou à Itália durante a Primeira Guerra (Francisco era um dos italianos mais ricos do mundo), recebeu, do então rei italiano Vítor Manuel III, o título de Conde. Francesco Matarazzo faleceu em 1937, e o comando dos negócios passou para Francesco Matarazzo Filho (Chiquinho Matarazzo), o segundo mais novo de seus treze filhos.

Na década de 1950, as Indústrias Reunidas Francisco Matarazzo eram o maior grupo industrial da América Latina, comparável ao império construído no século anterior pelo Barão de Mauá; o emblema do grupo (imagem ao lado) falava em Fides-Honor-Labor, ou seja, Fidelidade, Honra e Trabalho. Leia essa reportagem da revista Época publicada em 1999 sobre o Império da Família Matarazzo.

No final do século 20, o aumento da concorrência comercial e as brigas familiares internas causaram a decadência do grupo; em 2007, foi alienado um casarão da avenida Paulista, que constituía o último bem patrimonial do grupo Matarazzo.

Isso não significa, evidentemente, que os Matarazzo tenham ficado pobres. Provavelmente os mais conhecidos membros da família são o Senador Eduardo Matarazzo Suplicy (Matarazzo por parte de mãe e Suplicy por parte de pai) e seu filho Eduardo “Supla” Suplicy (Marta Suplicy, ex-esposa do Senador, agregou o sobrenome Suplicy, mas não o Matarazzo).

Outro que tem algum destaque popular é André Matarazzo (nascido 1919, falecido 1964), neto do Conde e tio do Senador, que foi casado com a cantora Maysa; o casal teve um filho, o diretor de cinema e televisão Jayme Monjardim (atualização: a revista Veja 2096, de 21 de janeiro de 2009, publicou uma entrevista com Jayme Monjardim, na qual ele fala, entre outros assuntos, da sua relação com os pais; colocarei um link para a entrevista, assim que a revista torná-la disponível para não assinantes).

Veja também: o hotel mais luxuoso do Brasil; o carro mais caro do mundo; melhores perfumes; as pessoas mais ricas do Brasil.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.